Texto de Leonardo Morato – Turismólogo.

Igreja de São Francisco

O ato de viajar é praticado desde os primórdios da humanidade e a atividade turística vem evoluindo através dos tempos para proporcionar prazer e comodidade a quem viaja. Quem não gosta de aproveitar o tempo livre e por o pé na estrada para visitar parentes, amigos e conhecer lugares novos? Por que não sair da rotina e combinar lazer com descanso, para renovar os planos e recarregar as energias? Breves ou demoradas, boas viagens fazem bem à saúde, proporcionam bem-estar e ficam para sempre registradas na memória e nas fotografias. As viagens aumentam a bagagem cultural, proporcionam conhecimento, diversão e aproximam as pessoas.

Então, que tal colocar o pé na estrada e visitar Pitangui? Pegue o trem da história para conhecer a Sétima Vila fundada em Minas Gerais no Ciclo do Ouro, uma cidade acolhedora, cativante, com um povo hospitaleiro e que está prestes a completar os seus 300 anos em junho de 2015. Venha conhecer os nossos casarões, as fazendas centenárias, as igrejas antigas, a tradicional comida mineira e o nosso folclore. Venha percorrer as nossas trilhas, apreciar o pôr do Sol na serra da Cruz do Monte e ver a lua nascer atrás da Igreja de São Francisco. Venha participar de nossas festas, descer e subir as ladeiras, conhecer o nosso artesanato, subir as serras, andar pelas matas e apreciar nossos rios. Venha conhecer nossos “causos”, os nossos músicos e bandas e tomar uma cerveja gelada acompanhada dos melhores petiscos em nossos bares, botecos e restaurantes. A cidade dispõe de boas opções de hospedagem, de serviços em geral e tem um clima bucólico propício ao turismo histórico cultural, ecológico e rural. Pitangui espera por você!